Depilação Espanhola

46

Existem diferentes métodos de depilação com cera. A mais utilizada nas estéticas e clínicas é o método espanhol. Na realidade, este procedimento também é o preferido nas depilações caseiras, já que a cera é um produto fácil de fazer com receitas caseiras.

Técnica utiliza a própria cera para removê-la

Cartucho de cera
Cartucho de cera – Foto: Freepik

A depilação espanhola também é conhecida como método espanhol, cera depilatória elástica, cera de placas, cera negra e cera caseira. São muitos os nomes, mas todas elas indicam a mesma técnica. A depilação consiste na aplicação da cera na parte do corpo onde se deseja remover os pêlos com uma espátula, preferencialmente feita de bambu (maior durabilidade), ou madeira.

A cera deve ser aplicada com a espátula no sentido do crescimento dos pêlos em tiras de 5 a 30 cm, em camadas finas (3 mm). Quando a cera estiver em consistência de borracha (flexível), basta levantar as bordas e puxá-la pela extremidade contrária à que foi aplicada a cera. Após, o procedimento pode ser repetido em outras áreas.

Cera oferece muitos benefícios na depilação espanhola

Cera para depilação espanhola
Cera para depilação espanhola – Foto: Freepik

Além da facilidade e praticidade que o método oferece, a cera utilizada também hidrata a pele enquanto depila. Na sua composição, encontram-se substâncias naturais, como cera de abelha, própolis e o mel. Além de rápida, a depilação espanhola não deixa resíduos na pele.

Na fórmula da cera para a depilação no método espanhol podem existir algumas variações. O mel, geralmente utilizado em todas as receitas, tem a vantagem de ser indicado para todos os tipos de pele. A adição de algas na cera é indicada para pêlos grossos, por isso seu uso é frequente entre o público masculino.

O chocolate branco também pode ser usado na receita da cera para depilação espanhola. No entanto, seu uso é indicado apenas para o rosto, devido a sua baixa fusão e temperatura mais baixa, excelente aderência e retira todas as penugens. Essa pode ser considerada a maior das vantagens do método espanhol, pois são poucas as técnicas de depilação indicadas para o rosto, que tem uma pele mais sensível.

Ao optar pela autodepilação, é importante ressaltar algumas observações. É necessário colocar a cera em um pote resistente ao calor (para banho-maria) ou termocera. Depois que a cera derreter e atingir uma consistência pastosa, vai estar pronta para o uso. Mas antes de começar a depilação, é imprescindível verificar a temperatura da cera, que deve estar suportável ao toque. O teste pode ser feito aplicando uma pequena quantia no dorso da mão.

Além de verificar a temperatura da cera, outro cuidado que se deve ter é de não aplicar a cera sobre espinhas, verrugas, ferimentos, mucosas, manchas (vermelhidões) ou peles irritadas. Também não utilizar soluções alcoólicas ou perfumadas antes ou após a depilação e armazenar a cera em local seco e arejado, evitando exposição a raios solares.

46 COMENTÁRIOS

  1. gostari de reeber a receita da cera negra caseira,é facil de fazer??sera q gasta muito pra fazer,pode fazer bastante,pra poder guarda,me ajudem por favor!obrigado

  2. Meninas, esta cera é muito boaa, ouvi falar que é a melhor, não sente muita dor e os pelos demora para crescer em média 3 meses.
    Além de tirar os pelos, hidrata a pele…

    Recomendo!

  3. ola fiquei muito interessada em aprender a receita da cera ; se alguem puder me passar agradeço; e tambem se possivel onde encontro os materiais para comprar. Obrigada

  4. Gostaria de saber a receita da cera espanhola, pois parece que essa receita é guardada a sete chaves, pois já procurei em um monte de sites e ninguem ensina a receita!

  5. Olá.. por gentileza, vc poderia passar a receita desta cera e como prepara?
    Sou depiladora e quero deixar de comprar e começar a prepar por conta própria..
    Inclusive se vc puder passar as referencias de onde achar os ingredientes também…
    Obrigada

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui